1 de maio de 2013

0


E eu nem sabia que no fundo eu era assim: Boba, sentimental, chorona, desconfiada... Eu só queria que as coisas fossem como eram antes, só queria teu carinho, atenção, eu só queria o seu amor, eu sei que as vezes eu pego meio pesado, eu piro, xingo e mando você me esquecer, mas é que eu queria alguém do meu lado, queria que alguém entendesse tudo o que eu estou sentindo, alguém pra me ajudar, me abraçar bem forte e dizer que vai ficar tudo bem.

Tudo bem, era o que eu queria, e há muito tempo não vem sendo assim, na verdade nada vem sendo como eu quero e eu ainda nem sei como eu aguento tudo isso e como eu consigo guardar tudo isso aqui dentro. A única forma de tentar amenizar é sonhar, é pensar no futuro, fazer planos e apenas sonhar, talvez eu esteja me iludindo ainda mais, sonhando tanto assim, mas é melhor sonhar do que pensar que nada irá dar certo, é melhor sonhar do que passar todo o meu tempo se lamentando por nada ser como eu desejo.

Você ainda se lembra como tudo era? Como nós éramos amigos, como a gente dividia todo o nosso dia e apesar de tudo, eu sorria daqui e você sorria ai, do outro lado. E hoje eu lembro de tudo que passou e eu sorrio sim, porque eu fui feliz mas junto com este sorriso vem outros sentimentos, saudade, insegurança, medo, tudo o que eu não queria sentir, mas sinto. E sinto, porque apesar de tudo, eu te amo, porque apesar de tudo, mesmo se eu tiver que deixar tudo para trás, eu prometo levar comigo só coisas boas, que me façam sorrir ao pensar em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário